General afirma que Maluf já sabia da doença de Tancredo Neves 6 meses antes dele ser diagnosticado

tancredomaluf23

Após décadas de ditadura no Brasil, tínhamos o primeiro presidente civil eleito: Tancredo Neves

O povo brasileiro clamava por mudanças, mas Tancredo acabou falecendo sem jamais assumir o cargo.

publicidade

Foi um dos episódios mais misteriosos e controversos da política brasileira.

No dia 14 de março de 1985,  faltando poucas horas para tomar posse, Tancredo foi para uma missa.

Lá ele se sentiu mal e foi levado imediatamente para o Hospital de Base de Brasília.

Trinta e oito dias depois o futuro presidente do Brasil estava morto e faltavam explicações.

José Sarney, do PFL, era o vice da chapa de Tancredo e assumia então o posto de Presidente da República.  é o vice da chapa encabeçada por Tancredo.

Muitos acreditam que a morte de Tancredo foi um plano arquitetado por líderes do regime autoritário, quando perceberam que sua vitória era inevitável.

Ainda no dia 14 de Março de 1985 (data em que Tancredo passou mal), o hospital da Base de Brasília não possuía as condições necessárias para a cirurgia a que ele deveria de submeter – a UTI do Hospital estava em reformas.

Mesmo assim, os médicos não permitiram a transferência dele para o INCOR (Instituto do Coração – SP) e alegaram que a cirurgia deveria começar, em, no máximo, uma hora.

Não foi o que aconteceu!

Após três horas, a equipe médica (com cerca de quarenta pessoas) lotou o centro cirúrgico e começou a operação.

UM FATO ESTRANHO E ABAFADO PELA IMPRENSA

Ao mesmo tempo em que Tancredo foi internado com fortes dores abdominais, seu mordomo João Rosa, começou a sofrer as mesmas dores.

Funcionário antigo do Planalto, João acompanhava Tancredo em sua residência provisória, na Granja do Riacho Fundo.

O mordomo ficou internado durante dezesseis dias no hospital e sofreu sete cirurgias antes de morrer.

A doença foi diagnosticada como diverticulite – primeiro diagnóstico de Tancredo.

Porque João e Tancredo sentiram os mesmo sintomas num intervalo tão curto de tempo?

Na época, foram levantadas suspeitas de que ambos tenham sido envenenados:

Uma das teorias era de que o futuro presidente era o alvo principal do envenenamento e João (o mordomo) teve o azar de estar no local errado, na hora errada.

OUTRA PISTA

Em 1996, durante uma entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura, o general Newton Cruz (hoje com 91 anos) admitiu que, em 1984 – exatamente no mês de Outubro) – quando era comandante militar do Planalto, foi procurado pelo então candidato Paulo Maluf, rival político de Tancredo Neves.

Maluf teria proposto (para o general) um golpe militar, caso Tancredo fosse eleito.

A justificativa dada por Maluf era de que TANCREDO estava muito doente.

MAS COMO ASSIM?

Como é que Paulo Maluf poderia saber da doença de Tancredo 6 meses antes?

Um dia antes da posse do presidente eleito, durante uma missa celebrada na catedral de Brasília, a energia da igreja acabou.

Participantes da missa alegaram que ouviram um barulho parecido com um tiro.

Após o estampido, Tancredo teria sido encaminhado para o hospital.

Há relatos de que a repórter Gloria Maria, que estava a serviço da Globo para cobrir a posse de Tancredo, teria presenciado a cena.

Em seguida, Glória teria sido enviada para o Marrocos, tornando-se correspondente internacional da emissora.

Conspiracionistas afirmam que seria uma forma usada pela Rede Globo para afastar a jornalista das discussões a respeito do caso.

Tancredo Neves já chegou ao hospital morto ou morreu logo após?

Ele foi vítima de envenenamento? Ou foi vítima de um tiro?

Por que sua morte só seria revelada no dia 22 de Maio (um mês após ele falecer) ?

continua na próxima matéria … em breve

publicidade