Furo de reportagem do Globo foi uma FURADA! O único criminoso identificado no áudio foi o sr. Friboi

O suposto furo de reportagem divulgado ontem pelo colunista do Globo não foi exatamente o que todos esperavam

(Amanda Nunes Brückner para o Diário do Brasil)

No áudio ‘bombástico’ (como disse Willian Bonner) só deu pra perceber uma coisa: o criminoso é o homem todo poderoso da Friboi.

Joesley disse ‘comprou’ juizes e procuradores, cometendo assim o crime de obstrução da Justiça.

Joesley manipulou o mercado financeiro e derrubou a bolsa de valores brasileira, cometendo assim um crime contra o sistema financeiro.

Joesley comprou milhões de dólares (sabendo que a moeda iria disparar após seu acordo de delação), cometendo assim outro crime contra o sistema financeiro (especulação).

Esse cidadão (dono da Friboi) não teria que estar na cadeia?

Ahhh…me esqueci, ele é bilionário e se mudou para os EUA.

Além disso ele também escreveu um pedido de desculpas e postou no facebook!

Com relação ao presidente Temer, me desculpem […] o simples fato dele dizer “Tem que manter isso viu?” não configura crime algum.

O único (e não menos grave) delito de Temer no áudio foi a omissão […] ele poderia ter denunciado Joesley imediatamente ao MPF, mas decidiu se calar.

Se é para derrubar um presidente, que façam de modo correto.

Dai a César o que é de César!


 *** Há também a hipótese de o empresário ter combinado previamente (com a PGR) tudo o que iria dizer durante o encontro. Aí tudo não passaria de um blefe. Se houve um ‘blefe’ então houve conspiração para derrubar o presidente da República. Aí a coisa já fica mais séria. ***


publicidade


error: Conteúdo protegido !!