Foro Privilegiado: A cada 100 ações que chegam no Supremo, apenas uma resulta em condenação

Dados colhidos pela Fundação Getúlio Vargas do RJ mostram que, em 5 anos, somente 6% das decisões tomadas no STF prejudicaram os investigados

A pesquisa também mostrou um dado impressionante:

Menos de 1% dos réus (deputados, senadores e ministros) são condenados.

No período pesquisado (2011/2016) houve 404 ações penais, das quais somente 3 resultaram em condenações.

Do total de ações, mais de 68,2 % prescreveram ou foram ‘transferidas’ para outras instâncias.

O número de inquéritos nesse mesmo período chegou a 987, dos quais 57 se tornaram ações e 379 prescreveram.

Se o foro privilegiado não for banido do país, continuaremos enxugando gelo.

 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!