Donald Trump promete “reabrir investigações do 11 de Setembro” e provocar uma revolução na América

trump1109
 Trump prometeu reabrir as investigações do 11/9

Trump prometeu reabrir as investigações do 11/9

Quinze anos após o massacre abalou os EUA, o presidente eleito dos EUA prometeu que irá reabrir a investigação sobre o ataque que vitimou fatalmente 2996 pessoas e feriu outras 6000

Em seus primeiros dias como presidente eleito, o republicano Donald Trump já deu algumas pistas sobre como cumprirá sua promessa de “Make America Great Again” (tornar a América grande outra vez).

publicidade

Trump ameaçou colocar o dedo na ferida de um dos ataques terroristas mais catastróficos de toda história moderna.

Dircursando para uma platéia de eleitores da Virgínia, Donald prometeu abrir uma nova investigação sobre os ataques de 11 de setembro de 2001.

Ele afirmou que a tragédia não foi devidamente investigada e prometeu chegar ao fundo dela, doa a quem doer.

O presidente eleito disse:

“A investigação original de 11/9 é uma bagunça total e tem de ser reaberta. Como dois aviões implodir três edifícios no mesmo dia? Porque nunca mencionaram nada sobre um terceiro edifício (chamado de Edifício 7) nas 585 páginas das investigações?”

Trump acusou um grupo denominado “19 homens da Arábia Saudita” de realizar o ataque e criticou o governo de George Bush por não ter iniciado uma retaliação imediata contra o país, se referindo à Arábia.

Ele ainda acrescentou:

“O World Trade Center desabou durante o governo de George Bush. Ele nos manteve a salvo? Não, claro que não. Os americanos merecem respostas e eu definitivamente pedirei uma nova investigação para que tragédias como essa nunca mais aconteçam em nosso país”

Os documentos do Relatório da Comissão do 11 de Setembro, feitos em 2002, foram declarados como ultra-secretos.

Na época, o governo da Arábia Saudita alegou que eles não eram responsáveis por apoiar ou financiar os ataques.

O ex-governador da Flórida, Bob Graham acrescentou:

“Eu mesmo li esses documentos e se o público americano soubesse o que havia nesses documentos, haveria uma revolução nas ruas da América amanhã. Nosso povo merece saber a verdade.”

bobflorida

Bob Graham disse que os documentos poderiam “iniciar uma revolução”

Várias teorias da conspiração reivindicaram por anos que o ataque de 11 de setembro foi um “trabalho interno” – conhecido como um ataque de bandeira falsa – destinado a alimentar o apoio à Guerra contra o Terror.

Não há nenhuma evidência para levantar estas reivindicações, mas há quem afirme que as torres gêmeas explodiram antes dos aviões se chocarem.

As informações acima são do site Daily Star.


leia também:

johnlear

Ex-piloto e ex-agente da CIA choca o mundo: “Nenhum avião atingiu as torres gêmeas. Eram hologramas”


publicidade