Ex-analista de inteligência dos EUA diz que armas da Coreia são falsas: “Tudo plástico. São ridículas”

Especialista militar e ex-oficial de inteligência dos EUA.

Michael Pregent – Especialista militar e ex-oficial de inteligência dos EUA.

“Os soldados carregaram armas falsas durante o último desfile” afirmou o ex-oficial de inteligência dos EUA

Michael Pregent acredita que a maioria das armas ostentadas pelas tropas durante suas exibições são fictícias e diz que até mesmo os óculos de sol dos soldados não são equipamentos próprios para combate.

Pregent foi convidado pela Fox News para analisar as imagens do desfile militar ocorrido no dia 15 de abril, na capital norte-coreana de Pyongyang.

Ele sugeriu enfaticamente que muitas das armas não são reais e repetiu diversas vezes que  “vários soldados desfilaram com brinquedos” em um movimento projetado para demonstrar orgulho bélico para o mundo:

“Aquele desfile foi mais uma mensagem subliminar ao mundo do que propriamente uma realidade “, disse Pregent ao canal Fox News.

As imagens do desfile mostram “tropas” da Coréia do Norte carregando rifles AK-47 com lançadores de granadas anexados.

Pregent diz que os objetos incorporados aos rifles são compartimentos “helicoidais” projetados armazenar balas em uma forma espiral, o que seria totalmente incompatível com armas reais:

“Diversos acessórios usados ​​pelas tropas estão longe de serem equipamentos militares” disse.

O especialista cita os óculos de sol usados ​​pelos soldados e revela:

“São irregulares e não fornecem o mínimo de proteção para os olhos. Um óculos de segurança balístico deve envolver toda a cabeça.”

Em seguida, ele comenta sobre os rifles:

“Essas supostas armas são ridículas. Dá pra perceber claramente que são de plástico.”

Pregent admite que a Coréia do Norte tem uma quantidade substancial de armas, mas insiste que a maioria dos equipamentos mostrados no desfile são irreais:

“Em uma das fotos dá pra perceber um rifle prateado […] é muito provável que tenha sido pintado à mão”







publicidade