EUA deslocam helicópteros (Apache e Black Hawk) para o Japão. Coreia pode lançar míssil nuclear amanhã

Tropas norte-americanas voaram para o Japão para participar de exercícios militares denominados como ‘Orient Shield’

Os membros da 1ª Brigada Stryker de Fort Wainwright, Alasca, treinarão ao lado das tropas japonesas durante o exercício de duas semanas.

Helicópteros AH-64 Apache e UH-60 Black Hawk, Brigada da Aviação (Divisão de Combate) também participarão dos treinamentos de guerra.

As tropas dos EUA treinarão ao lado de soldados japoneses do 34º Regimento de Infantaria na Área de Manobra do Oriente Fuji.

O capitão Adam Bowen, porta-voz da 1ª Brigada Stryker, disse que seu time está pronto para lidar com qualquer provocação da Coréia do Norte.

“Estamos apenas concentrados na missão, mas estamos preparados para qualquer coisa que possa acontecer”.

Analistas de defesa acreditam que a Coreia do Norte se prepara para outro lançamento depois de realizar o sexto e maior teste nuclear no último fim de semana.

A Coréia do Sul acredita que Kin Jong-un ordenou o deslocamento de um ICBM para uma posição costeira em preparação para outro teste nuclear nos próximos dias:

“Kim está se preparando para lançar um míssil balístico, o que poderá ocorrer amanhã (9 de setembro) data em que o Reino Eremita comemora o aniversário da fundação da República Popular Democrática da Coréia do Norte”

A nação desonesta do ditador é conhecida por marcar feriados com shows dramáticos de força, como testes nucleares e lançamentos de mísseis.

O primeiro-ministro sul-coreano, Lee Nak-yon, disse que seu vizinho pode lançar outro ICBM para marcar a ocasião:

“Creio que agora é o momento de fortalecer as sanções ao nível máximo, garantindo meios de dissuasão militar. O diálogo é, em última análise, necessário, mas agora não é hora de falar sobre o diálogo com a Coréia do Norte”.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que seria um “dia muito triste para a Coréia do Norte” caso os EUA sejam forçados a usar ações militares contra a nação.

Funcionários próximos de Trump disseram que a Coreia do Norte está chegando na chamada “ZONA VERMELHA” , uma referência ao ponto em que a guerra entre os dois países é praticamente inevitável.

Fontes na Casa Branca acreditam que os Estados Unidos devem agir agora ao invés de se esperar uma possível ação catastrófica vinda de Kim Jong-un:

“Existe um consenso geral na Casa Branca e no Pentágono de que a Coréia do Norte está bastante próxima da zona vermelha. Os EUA devem agir em breve ou perderão a liderança” disse um conselheiro norte-americano.


publicidade