“Eu passei batom em um porco e criei um Frankenstein” diz jornalista que escreveu biografia do presidente


“Donald Trump poderá renunciar em questão de semanas”, disse o jornalista e escritor Tony Schwartz

Schwartz (que é um Ghostwriter) escreveu o best-seller The Art of the Deal, lançado em 1987, uma autobiografia do presidente norte-americano que vendeu milhões de exemplares.

Resumindo de forma rápida:  Ghostwriter (escritor fantasma, em português) é uma expressão usada para descrever um profissional de alto nível especializado em prestar serviços de redação de textos a outras pessoas que não têm tempo ou  jeito (dom) para escrever.

O escritor foi enfático em suas afirmações:

“O Sr. Trump renunciará em troca de imunidade na investigação sobre a alegada interferência da Rússia nas eleições presidenciais ocorridas em novembro de 2016”

“O cerco está se fechando e ele deixará o governo antes que o Congresso o deixe sem escolha. A presidência de Trump está efetivamente superada. Eu ficaria impressionado se ele sobrevivesse até o fim do ano, mas provavelmente renunciará durante o outono (23 de setembro 20 de dezembro), se não antes.

Ele explica que Trump ultrapassou a ‘linha de aceitação’ e não há retorno:

“O material sobre a Rússia será enorme e, certamente, ele correrá o risco de ir para a prisão “

A resistência ao presidente dos EUA aumentou desde o episódio de violência em Charlottesville (na última semana), onde uma manifestante morreu depois de ser atingida por um carro que foi jogado contra uma multidão.

O escritor também alegou que Trump tem que ser deposto imediatamente ou “explodirá o mundo” através de um conflito nuclear:

“Ou ele sai ou nós faremos com que ele saia. Esta é a minha penitência por ter criado um homem que se tornou um monstro. Passei 30 anos me sentindo mal por isso.” se referindo ao livro que ele escreveu sobre a vida do presidente norte-americano.

“Agora eu sinto que tenho que mostrar que não há ninguém atrás da cortina. Eu passei batom em um porco e criei um Frankenstein … ele é demoníaco” encerrou.


(fonte: Sunday Express)

publicidade