Diário do Brasil

Estratégia de Trump sugere que EUA podem atacar a Coreia a qualquer momento

A inteligência dos EUA informou que a Coreia está pronta para detonar um ‘dispositivo nuclear’

O ditador norte-coreano ordenou que uma bomba nuclear fosse colocada em um túnel pronto para a detonação, de acordo com informações do governo dos EUA.

Kim Jon-un ameaçou disparar mísseis nucleares contra rivais, fazendo com que os temores de uma Terceira Guerra Mundial se intensifiquem cada vez mais.

A detonação poderá acontecer amanhã (15), data em que a nação realizará um desfile nacional para comemorar o nascimento do ex-governante Kim il-Sung.

Imagens de satélites norte-americanos confirmaram que as armas nucleares foram colocadas no mesmo local em que a Coreia armazena a Bomba H (bomba de hidrogênio) […] uma área de testes chamada Punggye-ri Nuclear Test Site.


TRUMP NÃO É OBAMA

O presidente americano enviou bombardeiros nucleares e unidades marítimas de elite para a península coreana para a fim de combater a ameaça nuclear.

Trump admitiu que a guerra com a Coreia está “na mesa” e basta uma ‘cartada’ errada de Kim Jon un para que o massacre comece.

Navios de guerra, soldados, aviões e forças especiais americanas continuam seus exercícios militares ao lado de seus aliados em Seul.

O porta-aviões nuclear, o USS Carl Vinson, carrega um grupo de destróieres que incluem mais de 80 aeronaves.

Treinamentos sistemáticos estão sendo realizados para uma possível “decapitação” do líder norte-coreano.

Se Kim Jon-un ordenar qualquer tipo de detonação, os EUA responderão imediatamente.

Donald Trump já demonstrou que tem tolerância ZERO quando ordenou que uma bomba fosse lançada em território controlado pelo ISIS.


TRUMP NÃO ESTÁ SOZINHO

O Japão também sinalizou que poderá bombardear a Coreia do Norte antes que Kim Jong-un “destrua” o mundo

Foi a gota d’água para o Japão.

O presidente do conselho de política de segurança , Hiroshi Imazu, disse ao The Washington Post:

“O Japão não pode esperar até ser destruído. Se for necessário, atacaremos as bases inimigas que nos ameaçam com ataques nucleares”


Tanques chineses S-300PMU2 se dirigem em direção à Coréia do Norte

Um comboio de tanques chineses, transportando mísseis em direção à fronteira com a Coréia do Norte, já se prepara para proteger seu território e interceptar mísseis disparados pelo governo de Kim.

O governo Da China enviou cerca de 150 mil soldados para as fronteiras norte-coreanas no início desta semana.


publicidade


error: Conteúdo protegido !!