Escritório de advocacia famoso contratou show de stand-up com dinheiro fraudado da Lei Rouanet

porchat2806

Mais uma fraude foi descoberta pela Polícia Federal na Operação Boca Livre

Um dos mais prestigiados escritórios de advocacia do país [o Demarest Almeida] fez uma festinha de aniversário para comemorar 68 anos e contratou um show do humorista Fábio Porchat para animar a comemoração.

publicidade

A investigação da PF apontou que houve uso indevido de financiamento da Lei Rouanet.

A Receita Federal [através de auditoria] comprovou que o escritório deduziu do Imposto de Renda a quantia gasta no projeto.

O ‘showzinho’ de comédia pago com dinheiro público custou R$ 200 mil.

A PF esteve hoje na sede do Demarest em São Paulo para cumprir mandado de busca e apreensão.

Importante: O humorista Porchat não é investigado e não há qualquer indício de que ele soubesse da origem do dinheiro.

publicidade