Em depoimento de Delcídio, advogados de Lula batem boca, desrespeitam Sérgio Moro e chamam Curitiba de ‘roça’

delcidio321

O clima esquentou durante o depoimento do ex-senador Delcídio Amaral, testemunha de acusação na ação penal contra Lula (na Lava Jato)

(Paraná Portal) Os advogados de Lula fizeram sucessivas interrupções no momento em que o Ministério Público Federal interrogava Delcídio.

publicidade

Moro disse que a defesa de Lula estava tumultuando o processo.

A defesa de Lula chegou a ofender até a cidade de Curitiba, mencionando o local como “região agrícola de nosso país”.

Aos 22 minutos, a audiência foi interrompida novamente (pela quinta vez)  e Moro teve que intervir:

“A defesa vai levantar questão de ordem a cada dois minutos? Os doutores estão tumultuando a audiência”, disse

O advogado José Roberto Batochio, tomou a palavra para atacar o juiz:

 “A questão de ordem é perfeitamente jurídica, o senhor preside, mas não é o dono do processo. Aqui os limites são a lei.” disse Batochio.

E continuou o enfrentamento:

“A defesa tem direito de fazer o uso da palavra pela ordem, ou o senhor quer eliminar a defesa? E eu imaginei que isso já tivesse sido sepultado em 1945 pelos aliados e vejo que ressurge aqui, nesta região agrícola de nosso país”.

Sérgio Moro argumentou dizendo que a defesa não estava sendo cerceada, e explicou que a palavra estava com o MPF, que tinha o direito de fazer suas perguntas e produzir suas provas sem que houvesse interrupção.

O advogado de Lula atacou novamente:

“Esse contexto só existe dentro da cabeça de vossa excelência”, disse Baltochio

Moro cortou o microfone do advogado e interrompeu a gravação da audiência até que os ânimos pudessem ser contidos.

No depoimento, Delcídio disse que não sabia se Lula tinha participação direta de Lula no esquema, mas afirmou que o ex-presidente tinha total conhecimento do que acontecia dentro da Petrobras:

delcidio21211

abaixo o áudio (via Antagonista):

publicidade