Em delação, Delcídio cita cinco senadores. Entre eles estão Aécio Neves e Renan Calheiros

delcidiocitaaecio

O senador petista Delcídio do Amaral citou cinco colegas de Senado em sua delação premiada

Renan Calheiros (PMDB) e Aécio Neves (PSDB) estão entre os delatados. Romero Jucá, Edison Lobão e o ex-ministro de Minas e Energia Valdir Raupp (RO) completam a lista.

publicidade

O acordo de delação de Delcídio ainda não foi homologado pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava-Jato no STF .

Delcídio deixou a prisão em 19 de fevereiro. Ele foi acusado de obstruir as investigações da Lava-Jato.

O OUTRO LADO

Renan sustentou que “nunca autorizou, credenciou ou consentiu que seu nome fosse utilizado por terceiros”. A assessoria de Aécio disse que o senador se manifestará “quando tiver informações mais concretas”

NOTA

Apesar dos cinco senadores constarem na “suposta” delação de Delcídio (conforme informou a Folha/SP), devemos ter cuidado para fazer julgamentos e não colocá-los no mesmo patamar de Lula. São coisas totalmente distintas.

publicidade