Diário do Brasil

Em Brasília, um policial se revolta com o governo e parte para o lado do povo

Frente a frente com o batalhão bolivariano de Dilma, um policial revoltado desabafa na área do Congresso Nacional, humilha a polícia que defende o governo comunista e diz estar do lado do povo.

Se me agredir eu vou retrucar, pode ser a segurança pública ou não ser… uma polícia que defende uma quadrilha, não pode ser chamada de polícia.”
assista:

publicidade


error: Conteúdo protegido !!