Em 1994, o PT pedia impeachment de Itamar Franco e quem protocolou o pedido foi Jaques Wagner

Folhaimpeachment

O Partido dos Trabalhadores tem “vomitado” aos quatro cantos do país que pedir impeachment da presidente atual seria “golpe”. O argumento dos petralhas é de que Dilma Rousseff foi eleita democraticamente.

publicidade

Conversa pra enganar trouxa…é claro. O impedimento configura uma medida CONSTITUCIONAL para que o povo tenha a possibilidade de tirar do mandato os políticos eleitos que praticarem crimes de responsabilidade ou atos congêneres.

Até os menos abastados de inteligência sabem disso, inclusive os petistas.

É agora que a coisa começa a ficar interassante:

O PT pediu o impeachment do ex-presidente Itamar Franco em 1994 e, COINCIDENTEMENTE , quem fez o protocolo foi Jaques Wagner, então deputado e agora ministro da Casa-Civil e defensor máximo do governo.

A seguir você vê a cópia da notícia da Folha/SP em 30 de Junho de 1994

Folhaimpeachment

Então chegamos à seguinte conclusão:

Impeachment É GOLPE somente quando atinge o PT. Quando o impedimento é contra os partidos de oposição, aí os petralhas mudam rapidamente de opinião e o impeachment passa a ser previsto em lei.

publicidade