“É impossível repetir meu sucesso” disse Lula ao jornal inglês The Guardian

Lula está longe de ser uma pessoa humilde.

O ex-presidente tenta passar uma imagem de ‘coitadinho sofrido’, mas o verdadeiro Luiz Inácio é arrogante, soberbo e prepotente.

Questionado pelo The Guardian se pretende voltar à presidência, ele respondeu:

“Fui o melhor presidente da história do Brasil. É quase impossível alguém repetir esse desempenho. Somente eu poderia competir contra mim mesmo”, afirmou.

O ex-presidente ataca todos que o contradizem e faz o papel de vítima:

“Eles tem um objetivo: condenar o Lula. Acredito que há um acordo entre algumas partes da mídia, o Ministério Público e a Polícia Federal para destruir minha imagem”, disse o petista.

E ele ainda encerra a entrevista com chave de ouro:

“Não pretendo mudar o que eu sou. Fui o melhor presidente que já houve”.

Voltaire (escritor, filósofo e um dos homens mais influentes do século XVII) dizia o seguinte:

“Os homens erram, os grandes homens confessam que erraram. O orgulho do pequeno consiste em falar sempre de si próprio […] já o grande nunca fala de si.


 

publicidade