Documento revela que um dos senadores mais poderosos dos EUA avistou OVNIs na Rússia em 1955

russell23

russell23

Após 61 anos de extremo sigilo, um relatório feito pelo senador dos EUA, Richard Brevard Russell, foi tornado público

A documentação foi obtida devido à Lei de Liberdade de Informações dos EUA.

publicidade

Richard B. Russell foi um dos mais poderosos senadores dos EUA durante a Guerra Fria e, até seu falecimento em 1971, cumpriu 38 de serviços, além de ter sido líder do Comitê de Serviços Armados.

O documento (até então considerado ultra-secreto) descreve que o senador foi o primeiro a observar os OVNI’s  e descreve que um dos discos subiu devagar e verticalmente, estando a uma altitude aproximadamente 1.8 km.

Após alguns segundos, a nave disparou em alta velocidade.

Já o outro OVNI teria feito o mesmo trajeto e aparentava estar a cerca de 3,2 km da linha do trem.

O britânico The Mirror publicou que, em 4 de outubro de 1955, Russell estava na região da ex-União Soviética quando, da janela do trem em que viajava, observou a decolagem de dois objetos de formato circular, próximos aos trilhos.

O fato foi testemunhado tanto pelo senador quanto por dois de seus assistentes (o tenente-coronel Hathaway e o intérprete Ruben Efron) que, ao chegarem à embaixada americana em Praga (capital da República Checa), avisaram a Força Aérea dos EUA e foram interrogados pela CIA.

Thomas Ryan, na época tenente-coronel das forças armadas, preencheu um informe ultrassecreto da Inteligência da Força Aérea após se encontrar com Russell e seus assistentes, em 14 de outubro de 1955.

Ryan escreveu que seu relatório “era baseado na descrição das testemunhas sobre um voo de aeronaves não convencionais, por três cidadãos americanos altamente confiáveis”.

A informação fornecida foi considerada “altamente confidencial” e mantida em segredo durante todos esses anos.

É o primeiro relato oficial de um dos senadores mais influentes dos EUA, que declara ter sido testemunha do avistamento de OVNI’s.

relaroriorussell

publicidade