Dilma poderá responder por crime de falsidade e Lula por uso indevido de função e tráfico de influência

Elesnaoparam

Gilmar Mendes, ministro do STF responsável suspensão da posse de Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil, afirmou hoje (5) que Dilma pode ter cometido crime de falsidade

 “A impressão é de que possa ter ocorrido um crime do código penal, que é o crime de falsidade, a possibilidade de que pode ter havido de fato a declaração falsa de posse do presidente Lula”, ressaltou.

publicidade

O ministro disse que o Supremo não deverá conseguir apreciar nesta semana se o ex-presidente Lula poderá ou não assumir a chefia da Casa Civil.

“Tenho a impressão que esta semana já não se consegue”, disse Mendes.

Sobre o fato de Lula já estar atuando na prática como ministro e realizando articulações políticas [ou seja, distribuição de cargos] , Mendes foi cauteloso e disse que viu na imprensa que pode estar havendo uso indevido de função e tráfico de influência. “

“Isso tem que ser examinado por quem tem a competência, o Ministério Público poderá suscitar essas questões” finalizou o ministro.

publicidade