Avião presidencial brasileiro ficou retido na Argentina. Dilma perdeu a posse de Maurício Macri

DilmaArgentina

O avião da presidente Dilma Roussef foi obrigado a entrar numa fila de voos comerciais e ficou retido por 20 minutos. A presidente brasileira perdeu a posse de Mauricio Macri no Congresso e resolveu se deslocar diretamente para a Casa Rosada.

publicidade

O voo de Dilma deveria chegar ao Aeroporto às 11h20m, mas pousou apenas às 11h45m — O ministro da Defesa da Argentina, Agustin Rossi, não deixou assinado o decreto de exclusão aérea, que previa prioridade para o pouso de chefes de Estado e de governo convidados para a posse.

Com isso, o avião do governo brasileiro foi obrigado a entrar em uma fila de voos.

Macri discursou e, ao sair do Congresso, fez uma expressão de preocupação e perguntou a um assessor: “Mas o que houve?”

As informações são de JANAÍNA FIGUEIREDO do Globo

publicidade