Deputado e senador pedem para ‘abrir mão’ do foro privilegiado: “Todos são iguais perante a lei”

Investigados na Operação Lava Jato, Onyx Lorenzoni (deputado do DEM) e Ricardo Ferraço (senador PSDB) tomaram uma atitude incomum no meio político

Ambos pediram ao STF para “abrir mão” do foro privilegiado no decorrer das investigações e serem julgados em 1ª instância.

Ferraço e Lorenzoni defenderam a mesma argumentação para renunciar ao foro : o artigo 5º da Constituição (todos são iguais perante a lei).

Os pedidos, que foram enviados e protocolados formalmente, serão analisados pelos ministros do Supremo.

A PGR, que fez os pedidos de investigação, informou que no caso do deputado Lorenzoni, o foro é “irrenunciável”.

Sobre o pedido de Ricardo Ferraço, a Procuradoria Geral ainda não se manifestou.

Não sabemos qual será o desfecho dessas atitudes dos parlamentares, porém uma coisa é certa:

Os dois possuem um atributo raro entre os políticos – VERGONHA NA CARA!


 

publicidade