Diário do Brasil

Delegado da PF que investigava morte do ministro Teori Zavascki foi assassinado em Santa Catarina

A PF informou que as vítimas estavam na cidade de Florianópolis (SC) para participar de um curso

De acordo com o jornal “Zero Hora”,  Adriano Antonio Soares estava acompanhado de outro policial federal e ambos foram baleados após um ‘suposto’ desentendimento em uma casa noturna.

Adriano era chefe da PF em Angra dos Reis e estava na corporação desde 1999.

O delegado era designado para investigar a morte do ministro Teori Zavascki (STF), morto em janeiro num acidente de avião em Paraty-RJ.

Elias Escobar, que chefiou a PF em Niterói e Volta Redonda, acompanhava Adriano no momento e também foi baleado e morto.

Segundo a PM, a ocorrência ocorreu perto das 2 horas da madrugada […] uma terceira pessoa também foi atingida pelo tiroteio e está internada em estado grave.

A Polícia Civil, juntamente com a Polícia Federal, irá investigar o caso.


publicidade


error: Conteúdo protegido !!