De líder confiante e dono do mundo,restou apenas um idoso destruído. O fim do papudo pode ser na Papuda

Lula051115

Parece que Lula já gastou todos os trunfos que tinha. Ele fez de tudo. Indicou ministros para o STF, recrutou políticos da pior espécie, corrompeu, ameaçou, negou (como sempre) ,chantageou, desafiou  e fez um pacto com tudo o que não presta.

publicidade

Lula ordenou, mandou, pediu. implorou, se humilhou e esgotou seus recursos. Agora já era.

A cada detalhe jurídico do STF, enlameado com a falta de ética dos Teori e Levandowski da vida, Moro e Cia criavam um antídoto. Trabalho meticuloso. Mescla de xadrez, prevendo lances futuros.

Paciência, sabendo esperar a hora certa para pegar o touro na unha.

A Coisa foi tão bem cercada, que o STF, guiado por interesses puramente politico partidários, quase colocou em xeque toda a credibilidade do judiciário brasileiro.

Lula não tem não tem força. Agora é esperar a mordida. A jugular está exposta.

Da imagem do líder arrogante, confiante e dono do mundo, restou um velho destruído, derrotado, sem controle de seu destino, com problemas de saúde física e mental.

O retrato de um moribundo que tende a se agravar. O tsunami mal começou. Familiares temem até uma tentativa de suicídio, vindo de “outrem”.

Em Terra que avião cai sem caixa preta, ser suicidado não é improvável. Batata sempre assa, antes de arquivo começar a queimar. Ele está no chão e cada dia mais solitário. Seguidores “leais” estão a lhe dar um sonoro dane-se, e crescem em sequência geométrica.

As provas contra o barbudo não param de chegar. Mas a Policia Federal quer mais. Quer se alinhavar de tal forma para que tudo seja executado num bote só.

O fim do papudo poderá ser na Papuda, em companhia de velhos “cumpanheros”. Quando lá chegar, certamente não será bem recebido. Tem gente lá dentro, louco pra servir seu fígado no jantar.

Mesmo os maiores opositores se rendem. Moro é muito bom no que faz. Corre à boca miúda:

Depois da queda do Chefe, vai atrás de determinados magistrados marionetes. Esse o Brasil levanta pra aplaudir.

(Texto de Romário de Oliveira / Blog Sofá de Pobre)

publicidade