Cunha cancelou a viagem à Itália porque poderia ser preso no exterior ,diz advogado criminalista

cunha20mihloes

O site Megacidadania conversou com o advogado criminalista João Custódio de Carvalho sobre o repentino cancelamento da viagem que Eduardo Cunha faria à Itália

publicidade

Megacidadania: Cunha poderia ser preso na Europa ?

Dr Custódio: Inicialmente devo dizer que eu não conheço os detalhes da investigação sobre corrupção e lavagem de dinheiro que o Ministério Público da Suíça move contra o deputado Eduardo Cunha, mas diante das notícias de que o próprio PGR/MPF Dr Janot já teria confirmado através de Nota que aceitou a transferência [da investigação] feita pelo MP suíço, li a íntegra da Nota do PGR e me chamou a atenção a seguinte frase: “Por ser brasileiro nato, Eduardo Cunha não pode ser extraditado para a Suíça.”

Megacidadania: Então podemos deduzir que Cunha poderia ser preso se saísse do Brasil?

Dr Custódio: Para o presidente da câmara Eduardo Cunha seria uma temeridade viajar para a Europa sem seus advogados terem pleno conhecimento da íntegra da investigação do MP suíço. Lembro que recentemente tivemos o caso da prisão do ex-presidente da CBF José Maria Marin e o deputado Paulo Maluf é procurado internacional e se viajar para o exterior será preso. Sim, em tese, poderia existir ordem de prisão contra o deputado Eduardo Cunha e em ele estando na Itália, sem a proteção da legislação brasileira, a ordem determinada pela justiça Suíça seria efetivada.

publicidade