Corruptos até debaixo d’água: PT ‘levou’ R$ 17 milhões de programa de submarinos

Benedicto Júnior,ex-executivo da Odebrecht, afirmou em delação ao TSE:

“Houve a deliberação de 17 milhões para o PT ao longo das suas necessidades. Foi feito como caixa 2” se referindo ao PROSUB (Programa de Desenvolvimento de Sumarino), executado pela Odebrecht em parceria com a DCNS, empresa francesa.

Entenda-se por ‘deliberação’ o pagamento de propinas com dinheiro público.

O valor da obra foi orçado em R$ 31 bilhões.

Júnior também informou que o Prosub tinha uma atenção especial do chefão Marcelo Odebrecht:

“Era fundamental garantir que esse projeto não parasse, afinal de contas demandava cerca de R$ 100 milhões por mês”

Ahhh … um detalhe muito interessante:

A empresa francesa DCNS (citada acima) tem como sócio o governo da França, que na época era comandado pelo ex-presidente Nicolas Sarkozy, fã de carteirinha de Lula.

Será que Sarkozy também levou uma fatia do bolo?

 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!