“Coreia do Norte plantou armas nucleares ao redor do mundo” diz jornal australiano


A Coreia do Norte pode ter plantado milhares de armas nucleares em todo o mundo – prontas para serem detonadas, alegou o jornal australiano The Strategist

O Estado comunista governado por Kim Jon-un pode estar planejando explosões de contêineres embalados com explosivos que tenham sido contrabandeados para fora do país, informou Chris Douglas.

No artigo publicado pelo The Strategist, as avaliações atuais sobre a habilidade da Coréia do Norte de atacar os EUA “baseiam-se no pressuposto de que os ataques nucleares viriam dos mísseis”.

Mas esta não é a única maneira de detonar armas nucleares no território dos EUA, diz o jornal, alegando que a Coréia do Norte “já tem um sistema” capaz de fazer isso.

“As armas nucleares podem ser ter sido contrabandeadas para fora da Coréia do Norte através da China (via de navios de pesca ou submarino elétricos movidos a diesel) e em seguida colocados em contêineres que levariam a carga para qualquer porto do mundo.”

“Esconder as armas seria fácil. O mundo possui mais de 3.000 zonas de comércio livre […] muitas dessas zonas estão em países com altos níveis de corrupção, onde as mercadorias passariam tranquilamente sem nenhuma fiscalização por parte das autoridades competentes.”

“A Coréia do Norte entende que os EUA e a economia mundial ficariam paralisados ​​por um ataque nuclear. Bombas espalhadas em diversos locais ao redor do mundo seriam detonadas por seus agentes e faria com que os EUA pensassem duas vezes antes de atacá-la “.

E acrescenta:

“São mais de 17 milhões de contêineres em circulação […] dificilmente esses contêineres ‘armados’ seriam detectados”

A matéria encerra dizendo que a ameaça de enviar explosivos em contêineres pode ser uma ‘carta na manga’ suficiente para impedir que os EUA ataquem o regime de Kim Jong un.

“Subestimar a Coréia do Norte resultaria em significativa perda de vidas e uma ruína econômica global. Kim não está blefando. Ninguém em sã consciência desafiaria os EUA e seus aliados sem ter um plano B “ encerrou.


publicidade


error: Conteúdo protegido !!