Coréia do Norte faz teste com bomba de hidrogênio e ameaça o mundo

BOMBAH

A Coreia do Norte afirmou que fez um teste bem-sucedido com uma miniatura de bomba de hidrogênio, mais conhecida como bomba H

(Patrícia Carvalho com informações da BBC)

publicidade

Caso o anúncio se confirme, significará que o país agora tem uma arma que, de acordo com o cientista Matthias Grosse Perdekamp, que dá aulas sobre o controle de armamentos nucleares da Universidade de Illinois, nos EUA, é a mais poderosa do planeta.

O governo anunciou o teste na TV estatal norte-coreana. O Serviço Geológico dos Estados Unidos disse ter detectado uma atividade sísmica fora do comum no nordeste da Coreia do Norte.

O tremor, de magnitude 5,1, foi detectado às 10h00 locais (23h30 de terça-feira em Brasília) a cerca de 50 km da cidade de Kilju, perto da área de testes nucleares de Punggye-ri.

Especialistas afirmam que o tremor não teria sido provocado por causas naturais.

Este seria o quarto teste nuclear da Coreía desde 2006 – mas o primeiro com a bomba de hidrogênio, mais poderosa que a bomba atômica.

A confirmação do teste por fontes independentes pode levar duas ou até semanas.

Nenhuma explosão até superou a potência da “Bomba-Czar”, uma bomba de hidrogênio de 50 megatons (o equivalente a 50 milhões de toneladas de dinamite) detonada durante um teste do governo soviético em outubro de 1961.

Essa bomba era 3 mil vezes mais poderosa que a lançada sobre Hiroshima em agosto de 1945, a primeira vez que uma arma nuclear foi usada em situação de conflito.

publicidade