Cidadania de Lula causa polêmica na Itália

cidadanialula

Um assunto envolvendo a esposa do ex-presidente Lula está gerando uma grande polêmica na Itália

De acordo com o jornal italiano “Corriere della Sera”, Marisa Letícia é cidadã italiana e conseguiu a dupla-cidadania no país, obtendo assim, o direito de votar.

publicidade

A discussão surgiu pelo fato de que os estrangeiros que já vivem há vários anos na Itália não possuem o direito de voto.

Segundo com Massimo D’Alema, membro da aliança esquerdista do partido DS (Democráticos da Esquerda) e ex-premiê, isso seria um desrespeito e considera abusiva a facilidade de se conceder passaportes para os descendentes italianos.

“A mulher de Lula vota, a babá de meus filhos não”, foi o título do artigo publicado em um jornal italiano.

O ex-premiê esquerdista considera um absurdo o fato de que a babá de seus filhos, imigrante que paga regularmente seus impostos, trabalha e vive legalmente na Itália, não usufruir do mesmo direito que possui a mulher de Lula.

D’Alema está icentivando a sociedade civil. para u debate sobre o assunto.

Marisa Letícia conseguiu a cidadania italiana pelo fato de seus bisavós imigrarem da Itália para o Brasil, na década de 1900, sendo algo suficiente para conseguir o benefício da cidadania, conforme lei aprovada em 1992.

A CIDADANIA DE LULA

A Veja publicou essa semana um suposto plano secreto do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva para deixar do Brasil, caso sua prisão preventiva seja pedida pela justiça.

De acordo com a matéria, Lula iria com sua família para a Itália, pois sua esposa, Marisa Letícia, tem dupla cidadania. O assunto não repercutiu só aqui no Brasil, como também na sociedade italiana.

publicidade