Campanha de Dilma contratou empresa (que só tem 1 notebook) por R$ 4,8 milhões para enviar emails

asede

imagem da ‘sede’ da empresa

Reportagem exibida no canal Globo News aponta que o TSE recebeu novos documentos sobre uma empresa fantasma contratada pela campanha de Dilma

A empresa citada é a DCO, conforme revelou o portal O Antagonista.

publicidade

Documentos enviados pela secretaria de Finanças de Uberlândia mostram que a empresa não tem alvará de funcionamento, tem apenas 1 computador (1 notebook) e apenas três supostos funcionários (que não estão registrados).

A DCO recebeu 4,8 milhões de reais da campanha Dilmista e foi contratada às vésperas do segundo turno para enviar mensagens eletrônicas, conforme mostra a nota fiscal disponível no site do TSE:

dco001

O cadastro da empresa informa a sua atividade econômica principal é o conserto de computadores:

dco002

 

publicidade