Caiu a República do pão de queijo! “Mineirinho” é apontado como beneficiário de R$ 15 milhões da Odebrecht

A delação do ex-diretor de da Odebrecht Cláudio Melo Filho aponta uma ‘bondosa gratificação’ de R$ 15 milhões para o ex-presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG)

A Veja informou que , de acordo com o anexo encaminhado à PGR,  Aécio era cadastrado como ‘mineirinho’ no sistema interno de pagamentos indevidos da empresa.

Mineirinho é sugerido como beneficiário de 15 milhões de reais entre outubro e dezembro de 2014.

Tudo foi devidamente registrado no Setor de Operações Estruturadas (leia-se Departamento de Propinas) pela ex-secretária Maria Lúcia Tavares.

Maria Lúcia já admitiu em delação que operava a “contabilidade ilegal” a mando de seus superiores.

O delator Melo Filho ainda contou que ‘Mineirinho’ também intermediou o pagamento de R$ 1 milhão para (o colega de profissão) senador José Agripino Maia (DEM), conhecido nas planilhas como “gripado”.

publicidade