Caça F-18 Super Hornet, avaliado em US$ 55 milhões, colide com porta-aviões Carl Vinson

imagem ilustrativa de um piloto se ejetando de um caça F18

(fonte: Times of San Diego/CA)

Um piloto da Força Aérea dos EUA conseguiu se ejetar de modo seguro após colidir com o porta-aviões USS Carl Vinson, informou a Marinha na tarde de hoje:

“Ele foi imediatamente resgatado por um helicóptero e passa bem” informou a nota.

A Marinha disse que o piloto foi avaliado pela equipe médica a bordo do USS Carl Vinson, porém não apresentou ferimentos aparentes. O acidente está sob investigação.

O porta-aviões com propulsão nuclear estava no  Mar das Celebes, entre a Indonésia e as Filipinas, quando o F / A-18E Super Hornet caiu ao se aproximar para fazer uma aterrissagem.

O Carl Vinson e um grupo de destróieres se dirigem para a península coreana, após passarem por um treinamento conjunto com a Royal Australian Navy .

Curiosidade:

O preço de cada Super Hornet é estimado em aproximadamente 55 milhões de dólares.

De acordo com o GAO (Escritório de Contabilidade dos EUA), hoje o Super Hornet custa à Marinha mais de 15.000 dólares por hora de voo.


 

publicidade