Brasília treme: Cármen Lúcia poderá homologar a “Delação do Fim do Mundo” até a próxima terça (31)

Ministros do STF estão prevendo que a presidente Cármen Lúcia irá homologar as delações da Odebrecht até a próxima terça (31)

Questionada se ela irá homologar as delações, a ministra respondeu: “Sobre esse assunto eu não falo. Nem sob tortura.”

O acordo de colaboração envolve 77 ex-executivos da empreiteira e cerca de 800 depoimentos.

Tais informações mostrarão ao Brasil como a empresa conseguiu comprar grande parte do Executivo e do Legislativo federais, além de governadores e parlamentares estaduais.

“Já dá pra notar uma mudança no comportamento dos políticos em Brasília” explicou Valdo Cruz, comentarista de política da Globo News.

Uma certa ansiedade em relação a essas delações tomou conta da Capital Federal e os políticos já estão evitando os corredores da Câmara.

De acordo com o jornalista, diversos parlamentares estão se ‘escondendo’ em seus gabinetes em busca de informações sobre ‘a delação do fim do mundo’.

A pergunta assombra os parlamentares neste exato momento é: “Será que eu estou envolvido nessas delações?”

“A tendência dessas delações é pegar todo mundo, tanto governo quanto oposição” finalizou.

Caso a ministra Carmén Lúcia não homologue essas delações (o que é pouco provável) , a decisão ficará nas mãos do novo relator da Lava Jato, que será escolhido pela Suprema Corte.


publicidade


error: Conteúdo protegido !!