BOMBA H- Coreia do Norte anuncia que poderá lançar bomba 19 vezes mais poderosa que Hiroshima

A Coréia do Norte transmitiu uma série de mensagens codificadas via rádio local

Análises preliminares de especialistas em segurança indicam que tais códigos sejam instruções para agentes secretos escondidos em países estrangeiros.

Números aleatórios foram divulgados em uma rádio estatal de longo alcance.

Agentes de segurança sul-coreanos acreditam que os códigos são instruções para células norte-coreanas localizadas em países estrangeiros como Coreia do Sul, China e Japão.

Uma mensagem semelhante foi transmitida último dia 24, dias antes de Kim Jong-un ter disparado um míssil no Mar do Japão .

No programa, o locutor disse:

“A partir de agora, anunciamos as tarefas de revisão de engenharia mecânica para os membros da expedição da Unidade 21 da universidade de educação à distância.

“Número 69 na página 602, número 79 na página 133, número 18 na página 216.”

Essa foi a trigésima primeira transmissão criptografada que foi repassada desde junho do último ano.


BOMBA H – Explosão nuclear em 7 dias ?

Pyongyang (capital da Coreia) continua a ameaçar uma guerra mundial e especialistas alertaram que outro teste nuclear poderá acontecer dentro de 7 dias.

Kim já detonou outras cinco bombas nucleares até o momento e imagens de satélite mostram que o país norte-coreano está preparando um novo local de teste para a sexta explosão.

Analistas do exército de Seul disseram que “nenhuma tragédia pode ser descartada”:

“A Coreia do Norte vai explodir outra bomba nuclear afirmaram.

A KCNA (agência oficial da Coreia do Norte) confirmou hoje (02) que o país conseguiu fabricar uma bomba de hidrogênio e encaixá-la na ponta de um míssil de longo alcance.

De acordo com a mídia estatal, o ditador Kim Jong-un testemunhou pessoalmente a bomba “H” sendo montada no míssil ICBM.

Kim se gabou perante a imprensa e disse que seu país produzirá “quantas armas nucleares for necessário”.

Projeções de especialistas mostram que o próximo teste nuclear da Coréia do Norte poderá ser quase 19 vezes mais poderoso do que o dispositivo caiu em Hiroshima durante a Segunda Guerra Mundial.


A Coréia do Norte poderia destruir o mundo inteiro com apenas três bombas, advertiu o embaixador não-oficial do “Reino dos Eremitas’

(SundayExpress) Alejandro Cao de Benós, 43 anos, é um ativista político espanhol que possui relações estreitas com a Coréia do Norte .

Mesmo sendo um estrangeiro, Benós é um homem de confiança de Kim Jon-un e Representante Especial do Ministério de Relações Exteriores da Coréia do Norte.

O cidadão ‘honorário’ norte-coreano emitiu uma advertência arrepiante ao mundo e insistiu que “ninguém iria tocar” no país governado pelo tirano Kim Jong-un:

“Ninguém irá tocar na Coréia. Se isso acontecer, o povo a defenderá com armas e mísseis. Temos a bomba termonuclear. Com três delas, o mundo está acabado.”

Alejandro tem sido um defensor da Coréia do Norte desde a década 1990.

Seu nome coreano, Cho Son-il (que significa “A Coréia é Um”), foi escolhido por ele próprio, mas o nome que consta em seu passaporte é o espanhol.

Atualmente ele vive em Barcelona ( Espanha ) e entre os intervalos de suas viagens internacionais, trabalha como consultor de TI.


 

publicidade