Boa Esporte emite nota: “Não cometemos nenhum crime. Estamos ajudando um ser humano”

A equipe de futebol do Boa Esporte, de Varginha, divulgou uma nota hoje (12)

O presidente do Clube, diante da enrascada em que se meteu, argumenta sobre a contratação do goleiro Bruno, solto por decisão monocrática do ministro Marco Aurélio.

Rone Moraes da Costa diz:

“A regra legal brasileira é a que todos, inclusive os criminosos mais perigosos, sejam submetidos a um julgamento honesto, imparcial e que a lei seja o fundamento da punição. O Boa Esporte Clube não está cometendo nenhum crime conforme a legislação brasileira e perante a lei de Deus.”

O presidente explica que o clube está “fazendo justiça ao ajudar um ser humano e dando trabalho a quem pretende se recuperar”.

CLUBE ESTÁ PERDENDO OS PATROCINADORES

A diretoria da Nutrends Nutrition (suplementos alimentares) divulgou uma nota ontem (11) informando que a empresa não é mais patrocinadora/apoiadora do Boa Esporte Clube.

O grupo Góis & Silva (um dos maiores patrocinadores do Boa Esporte) irá se reunir amanhã (12) com a diretoria do clube para avaliar como ficará a situação do patrocínio.

publicidade


error: Conteúdo protegido !!