Diário do Brasil

Barqueiro viu todo o acidente: “Não foi o mau tempo. O avião soltava muita fumaça antes de cair”

Célio de Araújo, um trabalhador que vive em Paraty, estava com um grupo de turistas em seu barco, quando avistou uma aeronave voando baixo

“Quando avistei o avião baixando, eu avisei: ‘Vai cair’

“Quando reparei, ele soltou uma bola de fumaça branca, parecia aqueles aviões da esquadrilha.”

“Passou por cima do meu barco e foi perdendo altitude, bateu a asa no mar e capotou”, contou o barqueiro.

Célio narrou que os turistas ficaram em polvorosa e ele ligou imediatamente para a Defesa Civil.

“Liguei, me identifiquei e expliquei o que tinha acontecido. Eles chegaram rápido”, disse.

 Questionado se chovia muito na hora do acidente, Célio respondeu:

“Chovia bastante no local que o avião caiu […] mas, durante o resgate, a chuva aumentou bem mais”

“Pelo que vi, o acidente teve mais a ver com a quantidade de fumaça que o avião soltava do que com o mau tempo. Na minha opinião, teve um problema na aeronave”, encerrou.


leia também:

 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!