Ator petista propõe que brasileiros façam vaquinha para ajudar Dilma: “Cada um dá o que pode”

bettidilma

De acordo com informações publicadas em um jornal carioca, Betti estaria disseminando a idéia de que os brasileiros façam uma vaquinha para ajudar Dilma a colocar os cofres públicos em ordem

Paulo Betti é um ator gente boa, gosta da Lei Rouanet e de incentivos para a cultura. Ele é intelectual. É amigo de Chico Buarque, Zé de Abreu, Marieta Severo e Gregório Duvivier.

publicidade

O ator global vota no PT, acha o Lula um ícone da política e é contra os golpistas que querem o impeachment da presidenta. Por isso, sugeriu uma saída “inteligentíssima” para a crise que estamos enfrentando:

” Pessoas físicas e jurídicas doariam dinheiro para o governo – cada um daria o que pode. Assim o país faria superávit, seria uma grande vaquinha em prol do Brasil. ” declarou Betti.

Será que o ator global está de sacanagem com o povo brasileiro? Ou será que a demência petista tomou conta do seu cérebro?

confira abaixo o texto divulgado na coluna de Ancelmo Gois (Globo):

O querido Paulo Betti, 63 anos, explica, meio à brinca, meio a sério, sua ideia, exposta aqui, quinta, de fazer uma vaquinha pelo Brasil:
— Cada um dá o que pode. Pessoas físicas ou jurídicas. Fazemos superávit. Unimos a nação. Recuperamos a confiança do mercado internacional. Como fiz campanha da Dilma, farei um depósito de valor bom! Creio que Chico Buarque e outros farão o mesmo.
Nos livramos desse problema chato de caixa e vamos nos divertir com outras coisas — conta o ator.
publicidade