Assista o processo de fabricação das salsichas! Será que você irá pedir um cachorro-quente da próxima vez?

salsichas

A salsicha, usada em cachorros-quentes e várias receitas populares, é feita em linhas de produção automatizadas

A coisa mais importante que você precisa saber é que as salsichas são feitas com restos de carnes diversas que são descartadas na produção de outros alimentos.

publicidade

A indústria chama esses ‘restos’ de ‘aparas’.

Na verdade é uma nomeação ‘educada’ para se referir às cartilagens, à gordura e às outras miudezas que sobram das carcaças de vacas, porcos e aves […] como carne de cabeça, pescoço, patas de animais, peles, sangue, fígado e demais “produtos comestíveis do abate”.

As fábricas então usam essas aparas pré-cozidas, em temperaturas entre 65ºC e 90ºC, dependendo do tamanho da carcaça ou do tipo da carne em questão.

Essa espécie de fervura serve também para ajudar a eliminar os diferentes tipos de bactérias que proliferam nesses pedaços descartados.

A próxima etapa da fabricação das salsichas para cachorro-quente é ainda pior!

A segunda etapa consiste em fazer uma espécie de “massa de carne” a partir da mistura de alguns produtos com a carne que foi moída moída.

Sal, temperos, amido, além de água e xarope de milho são alguns desses produtos acrescentados à receita.

O excesso de líquidos da massa é sugado e a carne começa a tomar a forma que conhecemos, em embalagens de celulose, na maioria das vezes.

Na etapa final o produto está praticamente pronto e precisa apenas passar pela defumação.

vídeo 1

vídeo 2

publicidade