Assassina que matou a própria mãe recebe indulto para ‘comemorar’ dia das mães

suzane

Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por matar o pai e a mãe, recebeu indulto para comemorar o dia das mães em liberdade

A condenada obteve o benefício da saída temporária e deixou a ala de regime semiaberto na manhã da última quarta-feira.

publicidade

A autorização é concedida a condenados que cumprem pena em regime semiaberto e com bom comportamento.

O prazo estabelecido não poderá ultrapassar 7 dias.

No regime semiaberto em que Suzane está, os presos têm direito a cinco saídas temporárias no ano: Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças, além de Natal e Ano Novo. Para receber o benefício, os presos devem apresentar bom comportamento.

O cartório de Tremembé/SPinformou que a medida cumpre a legislação e que outras presas também condenadas por matar os pais tiveram concedido o direito à saída temporária pelo Dia das Mães.

DECRETO FOI ASSINADO POR DILMA

A ideia é deixar as criminosas mais perigosas do país soltas nas ruas para aumentar os distúrbios e provocar um caos institucional

Uma informação publicada na coluna de Lauro Jardim [o Globo] afirmou que Dilma assinou um decreto para dar um indulto inédito de Dia das Mães para as presas de todo o Brasil. O país tem hoje cerca de 34 mil presas”.

Entre a população carcerária feminina  existem mulheres de altíssima periculosidade, incluindo milhares de homicidas, assaltantes e traficantes.

 

publicidade