Após sofrer lavagem cerebral, evangélicos tentam pagar comerciante com ‘dinheiro sagrado’

O caso aconteceu em Caçapava (SP) e a PM foi chamada para solucionar o ‘impasse’

O motorista abasteceu seu veículo e na hora de pagar os R$ 115,00 registrados na bomba de combustível, sacou uma papel em branco dizendo que era dinheiro sagrado.

“O frentista foi receber e eles entregaram um papel em branco. Fui até lá para verificar o que estava acontecendo, porém eles insistiam que o papel era dinheiro. Pensei que fosse uma pegadinha” disse o gerente.

A Polícia Militar foi acionada e o homem e sua esposa continuavam a dizer que se tratava de dinheiro:

“Ele não tentou fugir […] ficou calmo a aguardou a chegada da PM. Nunca vi nada assim”, explicou o frentista.

O subtenente da PM também não acreditou no que viu:

“São pessoas humildes que foram enganadas por religiosos. Deve ser algum caso de fanatismo”

O gerente do posto não conseguiu chegar a um acordo com o motorista e o combustível foi retirado do veículo.

Não houve boletim de ocorrência e os envolvidos foram liberados.



Um homem que está livre da religião tem uma oportunidade melhor de viver uma vida mais normal e completa. (Sigmund Freud)

publicidade