Após dizer que inventou o hambúrguer, Coreia do Norte anuncia cura da Aids, câncer e ebola


A Coréia do Norte anunciou hoje (26) que descobriu uma nova droga capaz de curar não só a Aids, mas também o vírus ebola e o câncer

(Independent) O anúncio da ‘cura milagrosa’ foi divulgado na TV estatal KCNA (Korean Central News Agency) e consiste em um medicamento derivado do ginseng cultivado com fertilizantes especiais e uma mistura de outros ingredientes não revelados.

A ditadura de Kim Jong-un, conhecida por fazer reivindicações exageradas sobre suas realizações, diz que o medicamento injetável será conhecido pelo nome de Kumdang-2.

Um estudo médico da droga foi feito na África, local onde a droga foi testada em pacientes HIV positivos:

“56% dos pacientes foram totalmente curados enquanto que 44% apresentaram melhoras em sua condição de saúde” disse o o Dr. Jon Sung Hun.

Os cientistas norte-coreanos também revelaram que a droga é capaz de curar “vários tipos de cânceres”, porém não foram fornecidos maiores detalhes sobre os ensaios médicos que apoiam esta reivindicação.

CURIOSIDADE

Conhecida por fazer reivindicações estranhas sobre suas próprias proezas, o estado publicou um relatório em 2004 alegando que Kim Jong-Il (pai do atual ditador) havia inventado o hambúrguer. Inicialmente o sanduíche era conhecido como “pão duplo com carne picada”.

O país também afirma que o pai de Kim Jong-un tinha poderes mágicos e jamais precisou ir ao banheiro.

A REALIDADE

Ontem, a ONU revelou que cerca de 10,2 milhões de norte-coreanos estão enfrentando a fome, já que a ditadura experimenta sua “pior seca em mais de cem anos”.


 

publicidade