Aécio 3%: Senador é acusado de fraude em licitação

02/02/2017

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ex-governador de Minas Gerais é acusado participar de um esquema de fraude para favorecer grandes empreiteiras

Citado em diversas delações da Lava Jato, o senador Aécio Neves começa a ver a ‘casa cair’ em sua carreira política.

Benedicto Junior, ex-presidente da Odebrecht Insfraestrutura, disse que o senador teria cobrado 3% de propina em obras da Cidade Administrativa na capital de Minas Gerais.

Em publicação da Folha de S. Paulo desta quinta-feira (2), o executivo informou o ‘modus operandi’ dos pagamentos de propinas.

De acordo com a delação, ‘as gratificações’ eram pagas através de Oswaldo Borges da Costa (conhecido como Oswaldinho) , ex-presidente da Codemig.

Aécio repudiou as acusações e disse que elas são “falsas e absurdas”.

publicidade
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.