Advogados se unem para tentar desmoralizar a Lava-Jato

Segundo informações do Estadão, os defensores de Dilma Rousseff, Aécio Neves, Michel Temer e Aécio Neves se encontraram em um jantar em SP.

A intenção é juntar forças para tentar desmoralizar a Operação Lava-Jato.

“Esse homem […] tem defeitos como magistrado incompatíveis com a magistratura. Falta imparcialidade.” publicou o Estado (sem citar o juiz Moro diretamente)

O encontro (que também podemos chamar de conspiração contra a Justiça) foi organizado pelo advogado do senador Aécio Neves.

Vale ressaltar que esses doutores estão fazendo suas funções, ou seja, defendendo seus clientes.

O que não podemos aceitar é que eles ‘confundam’ a opinião pública.

Sérgio Moro é simplesmente o juiz […]

Quem reúne provas e apresenta os pedidos de abertura de inquéritos são outras instituições: A PF e a PGR.

O povo não pode confundir alhos com bugalhos.

Atacar o juiz Moro é tentar desviar o foco!


 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!