Ações da Petrobras despencam e custam o equilavente a 1/2 quilo de tomates

petrobrastomatehoje

As ações preferenciais da Petrobras caem 3,09% e valem R$ 4,96 , recuando à cotação de 2003.

publicidade

Uma conjunção de fatores explica a Petrobras ter caído tanto a ponto de valer menos que meio quilo de tomates.

A companhia convive há quase dois anos com o escândalo de corrupção da Lava-Jato, além da queda no preço do barril de petróleo em todo o mundo.

O tomate, o “vilão” das cestas básicas, voltou a ter alta expressiva no país e acumula uma alta de 88,92% nos últimos 12 meses.

O produto chega a ser vendido a R$ 10,00 o quilo, em alguns supermercados e feiras-livres.

publicidade