A insanidade de Lula: “Se me prenderem, eu viro herói. Se me deixarem solto, viro presidente de novo”

LULAINRI

LULAINRI

“A partir de agora, se me prenderem, eu viro herói. Se me matarem, viro mártir. E se me deixarem solto, viro presidente de novo”, disse Lula

(Patrícia Carvalho – Brasília)

publicidade

O ex-presidente tem feito uma avaliação sobre o impacto da ação da Operação Lava Jato que o levou o Ministério Público Federal a denunciá-lo durante essa semana.

Pessoas de sua confiança tem dito que o PT e o governo mais ganharam do que perderam com o episódio.

Parece que a doença chegou ao grau máximo. Ninguém se autoproclama líder, herói, mártir ou seja lá o que for.

É o povo que escolhe seu líder. São fatos que tornam uma pessoa um herói. São acontecimentos históricos que transformam alguém em mártir.

Lula, sem sombra de dúvidas, já pode ser comparado ao lunático INRI, um cidadão com curto circuito nos neurônios e que vive se autoproclamando Jesus Cristo.

Não há diferença entre os dois. Apesar de que, se compararmos INRI com Lula, o primeiro (lá no fundinho) deve acreditar em Deus […] já Lula …

Ambos perderam completamente o juízo e se acham os salvadores do mundo.

publicidade