A farra dos cartões corporativos no governo Dilma: cabeleireiro, hotéis de luxo, aluguel de carrões

dilmacartao

Até o dia em que foi afastada pelo Congresso, a presidente Dilma conseguiu ‘torrar’ impressionantes R$ 4 milhões usando cartões corporativos

O uso abusivo de cartões corporativos inclui cabeleireiro, hotéis de luxo, restaurantes, aluguel de carrões, passagens,etc…

publicidade

Quem paga essa balbúrdia toda somos nós, míseros contribuintes,

Os cartões corporativos do Planalto gastaram, em média, pouco mais de R$ 32,5 mil por dia, incluindo os feriados e fins de semana.

Somente em 2016 [nos primeiros 4 meses] o governo petista torrou R$ 13,7 milhões com cartões.

DIÁRIAS

Se pegarmos o valor gastos em diárias com servidores e ‘outros’ , foram gastos R$104,7 milhões .

GASTOS SOB SIGILO

Desde o primeiro escândalo envolvendo cartões corporativos do governo federal, Lula impôs “segredo” e os gastos não são detalhados pelo ‘portal da transparência’.

publicidade