A chapa esquentou! Delator diz que apresentará provas sobre encontro ‘sigiloso’ com Temer

ENCONTROMISTERIOSO

O delator disse que vai provar o encontro com Michel Temer em 2012

A revista Época informou que Sérgio Machado irá buscar registros, testemunhas e entregará toda a conversa telefônica realizada entre o delator e o presidente interino Michel Temer.

publicidade

“Eu contribuí pro Michel”

Em gravações divulgadas pelo Jornal Nacional da Rede Globo, Sérgio Machado [ex-presidente da Transpetro ] disse para José Sarney que contribuiu  [a pedido de Temer] para a campanha do deputado federal Gabriel Chalita em 2012. [leia mais aqui…]

O delator quer provar que se encontrou com Michel Temer na Base Aérea de Brasília em 2012.

A FAB não tem registros de quem entrou na Base Aérea e, tanto o presidente interino quanto Sérgio Machado já sabiam disso na época.

O local é usado por autoridades que precisam de reuniões sigilosas.

Machado rebateu o pronunciamento de Michel Temer feito ontem (17) em cadeia de rádio e TV

O pronunciamento de Temer

O presidente em exercício afirmou que as acusações relatadas pelo ex-presidente da Transpetro em sua delação são levianas e mentirosas.

“Enquanto alguns deixam, eu não deixarei passar em branco essas denúncias contra mim” disse Michel Temer.

Sérgio divulgou uma nota oficial ontem (17) reafirmando tudo o que delatou.

 

publicidade