A casa caiu! PF comprova que Lula comandou obras no sítio e usou um ‘laranja’ para adquirir o imóvel

lulalaranja

A Polícia Federal apontou, através de laudo, que o ex-presidente Lula comandou e supervisionou a reforma ocorrida no sítio Santa Bárbara, em Atibaia

Tudo está devidamente relatado e comprovado em mensagens e fotos encontradas no celular do arquiteto da OAS, Paulo Gordilho.

publicidade

O arquiteto teria viajado para o sítio com o intuito exclusivo de “atender dúvidas do casal Lula da Silva”, informou a PF.

As reformas no sítio teriam custado cerca de R$ 1,2 milhão e começaram em novembro de 2010 e terminado em 2014.

Na mensagem do WhatsApp do arquiteto da OAS, a PF encontrou uma afirmação de que ele iria se encontrar com Lula em um churrasco em Atibaia (“na fazenda de lula”) , juntamente com a presença do dono OAS, Léo Pinheiro.

Os peritos concluíram que o sítio foi vendido aos empresários Fernando Bittar e Jonas Leite Suassuna Filho para o uso da família de Lula […] ou seja, foram laranjas do ex-presidente.

Logo após a assinatura do contrato foram elaboradas as primeiras plantas para “acomodarem as necessidades da família Lula”.

A PF também confirmou que o patrimônio de Fernando Bittar (o laranja) e o valor pago pelo sítio, de cerca de 1,7 milhão reais é incompatível com seus rendimentos.

publicidade