‘A batata de Aécio está assando’. Senador é citado em esquema de propina da Petrobras

aeciobatata

Pedro Corrêa [O ex-deputado do PP] disse em sua delação premiada que Aécio Neves [na época deputado] foi um dos responsáveis pela indicação do diretor de Serviços da Petrobrás, Irani Varella, durante o governo FHC

publicidade

Corrêa relatou que Varella era responsável por arrecadar “propinas com empresários para distribuir com seus padrinhos políticos” através de seu genro.

Aécio divulgou nota e disse que Corrêa é desprovido de qualquer credibilidade e sua afirmação é falsa e absurda.

O senador Aécio é alvo de dois inquéritos no STF. Ele foi denunciado pelo ex-senador Delcídio Amaral, em delação premiada.

Em uma das citações de Delcídio, Aécio teria atuado para “maquiar” dados da CPI dos Correios, em 2005, e esconder a relação entre o Banco Rural e o chamado mensalão mineiro.

Aécio também é investigado por receber propina de Furnas, subsidiária da Eletrobrás.

publicidade