4.500 objetos de valor sumiram do Planalto. Auditoria do TCU aponta que Lula e Dilma burlaram a regra

levaramate

Aproximadamente 4.500 itens que fazem parte do patrimônio da Presidência da República sumiram

A informação é da colunista Talita Abrantes, da revista Exame

publicidade

Entre os objetos estão:

A faixa presidencial usada na posse de novos presidentes, computadores , equipamentos de segurança, uma coleção de prataria palaciana, tapetes persas, jogos de porcelana chinesa, obras de arte de pintores brasileiros, entre outros.

Na residência oficial da presidência, 391 itens desapareceram.

O TCU aponta que o prejuízo esteja em 5,8 milhões de reais.

Uma auditoria do TCU descobriu um cofre em uma agência bancária em São Paulo reservado para guardar presentes recebidos pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante seu período como chefe do Executivo Federal.

A lei diz que presentes recebidos de chefes de Estado de outros países devem ser incorporados ao patrimônio da União.

A auditoria do TCU confirmou que tanto Lula quanto Dilma burlaram essa regra.

publicidade