125 cientistas internacionais (Oxford, Harvard e Yale) sugerem cancelamento imediato das Olimpíadas

dontgotorio

Um grupo formado por 125 cientistas internacionais afirmaram que os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro deveriam adiados, cancelados ou transferidos devido ao risco de surto do vírus Zika

Uma carta aberta foi enviada à Organização Mundial da Saúde citando o “fracasso” no programa de erradicação do mosquito e o sistema de saúde “fragilizado” do Brasil.

publicidade

“Um risco desnecessário é colocado quando 500 mil turistas estrangeiros de todos os países acompanham os Jogos, potencialmente adquirem o vírus e voltam para a casa, podendo torna-lo endêmico”

A análise dos especialistas dizem a manutenção dos Jogos no Rio seria uma atitude antiética.

Os cientistas também pedem que a OMS reveja [urgentemente] suas recomendações sobre o Zika, um vírus relacionado a uma série de problemas no nascimento, entre eles a microcefalia.

A carta destaca ainda que o problema do Zika é algo impossível de resolver com a aproximação dos Jogos.

O COI (Comitê Olímpico Internacional) declarou que não há razões para atrasar ou transferir os Jogos por causa da doença.

A carta aberta foi assinada por 125 profissionais (cientistas, médicos e especialistas em ética médica) de instituições como Oxford, Harvard e Yale.

A OMS, que recentemente classificou o vírus como uma emergência global de saúde pública, comentou a carta.

publicidade